Nutrição esportiva: Alimentação melhora o desempenho físico

Nutrição esportiva: Alimentação melhora o desempenho físico

outubro 26, 2018 0 Por admin

Nutrição esportiva é fundamental para quem pretende potencializar os resultados do treino.

Que praticar exercícios físicos com regularidade é fundamental para a saúde, muita gente já sabe. Porém, ainda há quem ignore a importância de uma nutrição esportiva adequada para alcançar os melhores resultados, seja para competições ou na rotina pessoal.

Com uma alimentação bem planejada e auxílio nutricional, você conseguirá melhorar o desempenho nos esportes e potencializará os benefícios à saúde. Descubra o que priorizar na sua dieta.

nutrição esportiva

Alimentação controlada evita a fadiga e diminui o tempo de recuperação. Foto: iStock, Getty Images

Desgaste físico é compensado pela nutrição esportiva

Quando nos exercitamos, o corpo é submetido a diferentes desgastes fisiológicos. Naturalmente, alguém que não pratica atividades físicas terá uma necessidade energética muito menor que a de um atleta profissional.

Se não forem equilibrados com a alimentação adequada, as alterações fisiológicas e o desgaste nutricional podem inclusive prejudicar a saúde, provocando um efeito contrário ao esperado com a atividade física.

Danos no trato gastrointestinal, enfraquecimento do sistema imunológico e alterações no metabolismo e na distribuição de vitaminas e mineirais estão entre os problemas mais comuns.

Para encontrar o cardápio ideal, é preciso considerar uma série de fatores, como a necessidade nutricional do organismo, a composição corporal, o objetivo com a prática do exercício físico e o gasto calórico obtido com o esporte praticado. É aí que entra a nutrição esportiva.

Melhorando o desempenho com a nutrição esportiva

Quando bem planejada e seguida à risca, a nutrição esportiva promove uma série de benefícios. Entre eles, é possível citar:

– Otimização das reservas de energia do corpo

– Redução da fadiga e do tempo de recuperação

– Redução do índice de lesões

– Manutenção da saúde geral do atleta

– Aumento da massa muscular.

Se você já tentou praticar alguma atividade física em jejum, deve conhecer os poderosos efeitos da alimentação – ou da falta dela – para o desempenho esportivo.

É possível listar uma série de alimentos que ajudam na vida de quem pratica exercícios. Anti-inflamatórios, por exemplo, ganham uma posição de destaque pela capacidade de prevenir lesões. É o caso das frutas vermelhas, do gengibre, da cenoura e do alho, por exemplo.

Acompanhamento de um nutricionista é indicado

De um modo geral, a principal função da dieta é oferecer quantidades calóricas ideais para o esforço energético, distribuindo carboidratos e proteínas de forma a garantir a produção de energia e a recuperação muscular.

Quando a alimentação, por si só, não é capaz de garantir os nutrientes para o pleno desenvolvimento da massa muscular ou para o funcionamento do organismo, pode ser necessário o uso de suplementos alimentares à base de carboidratos, proteínas ou aminoácidos.

Para alcançar os melhores resultados, é recomendado que você procure um nutricionista especializado em nutrição esportiva. O profissional irá analisar o seu caso individualmente, considerando fatores como peso, altura, massa muscular e índice de gordura. A partir daí, será elaborado um plano de alimentação voltado para os seus objetivos.

Seguindo as recomendações à risca, é possível melhorar o desempenho nos esportes e potencializar os benefícios para o corpo, tanto para quem quer emagrecer quanto para quem está interessado em ganhar músculos.

Gostou das dicas sobre nutrição esportiva? Então deixe um comentário!